10.12.10

APJCC comemora 3 anos e exibe os seis filmes da década

Cine Líbero Luxardo e Associação Paraense de Jovens Críticos de Cinema apresentam:

Mostra Melhores da Década (3 anos de APJCC)


Um brinde, Jedediah, ao amor em meus termos.
Estes são os únicos termos que um sujeito conhece - os seus próprios!

Orson Welles, Cidadão Kane.

O ano de 2010 representa o fim cronológico desta década. Para os cinéfilos, é oportunidade para rever a produção dos últimos 10 anos e avaliarmos se foi desta vez ou não que o cinema acabou, como apontam os histéricos. Entretanto um olhar de relance na produção paraense, brasileira, latino-americana e mundial revela um cinema vigoroso e que vai viver por no mínimo mais uns 115 anos. Neste espírito a APJCC (que completa 3 anos neste mês) tomou a iniciativa em realizar uma Mostra, em parceria com o Cine Líbero Luxardo, com o melhor do melhor do cinema mundial contemporâneo.


Estranha perceber que 100% dos filmes listados sejam americanos. E onde estão os filmes asiáticos - maior núcleo de inovação cinematográfica da contemporaneidade? E o cinema brasileiro, pobrezinho? e o resto do mundo? A lista da APJCC revela duas coisas: 1° que o cinema americano continua sendo o maior de todos.Como a jovem crítica francesa do pós-guerra, não estamos interessados nos limites sócio-políticos mas na mise-en-scène, não defendemos o produto local mas a arte universal e é disso que estes filmes falam. 2° que para quem foi cinéfilo no Pará nos últimos 10 anos só chegou o cinema americano mesmo. Fora alguns refugos de cinema brasileiro e europeu, o circuito alternativo paraense foi bem ingrato com quem estava ansioso por CINEMA de verdade. Sobrou o comercial mesmo. Os cineclubes só voltaram muito recentemente e a onda downloader mais recentemente ainda. Obviamente essa justificativa não é uma desculpa: os filmes desta lista são realmente os melhores da década em nossa opinião. Se o olhar é tendencioso, paciência. Só sabemos amar desse jeito e só exibimos o que amamos, com nossas limitações e nossa liberdade.


Esperamos que esta lista sirva como provocação a todos os cineclubistas e amantes da sétima arte a fazerem suas próprias listas de melhores da década. Nosso olhar não pretende ser o único e nossa aventura cinefílica abriu apenas uma das infinitas trilhas que o cinema comporta.


Esta mostra serve também como lançamento para as próximas aventuras da APJCC. A Associação ruma para uma institucionalização e organização maior - sem perder a ternura jamais. "Saímos do romantismo para o realismo" afirma Mateus Moura e hoje a associação não é mais uma gangue de cinéfilos alcoolatras, está mais para uma vaca virtual de divinas tetas da qual nos alimentamos e a qual devotamos nosso amor. Amor nos nossos termos obviamente,

Miguel Haoni (APJCC - 2010)


Programação (clique nas imagens para vê-las ampliadas):









Serviço:

De terça a domingo (14 a 19 de dezembro)
às 15h
no Cine Líbero Luxardo - Av. Gentil Bittencourt, 650, Térreo
ENTRADA FRANCA

Realização: APJCC e Cine Líbero Luxardo
Apoio: Cineclube Amazonas Douro e Sol Informática
Informações: (91) 8813-1891

8 comentários:

Breno Yared Pinto disse...

Foda essa lista de vocês! E não deixa de ser coerente: desde o início do cinema, tudo evoluiu a partir do cinema americano.

Anônimo disse...

Caraca, ficou lindo esse negócio!!!
Parabéns Juliana!

Miguel Haoni

Anônimo disse...

Ei breno estamos exibindo no CCBEU o documentário do Scorsese que você mandou.
Muito obrigado mano velho!

MiguelHaoni

Breno Yared Pinto disse...

Caraca, Miguel: aquele que mandei há anos para vocês? Bom que foi útil!

Anônimo disse...

que bonito heim....

tinha que ser a Juliana...

Mark.

Pirata Original disse...

Vocês tem pouca memoria ? como puderam por 2 filmes do Tarantino pra exibição ? que absurdo...

Cadê Memento ? Zodiaco ? Onibus 174 ? O Labirinto do Fauno ? A Queda ?

Anônimo disse...

Esse Pirata Orginal só sugeriu filme ruim... quer dizer.. po, no melhor da década ele quer ver isso?

Anônimo disse...

É sempre assim. Gostaria de agradecer ao Pirata Original aqui no blog e ao Thiago Naive no orkut pela demonstração de elasticidade, porque diferente dos frequentadores de cinemas alternativos ou comercias e os leitores de crítica de jornal, os frequentadores de cineclubes de Belém precisam fazer malabarismo para encontrarem motivos para reclamar. Mas sempre haverão motivos e peço aos senhores e todos aqueles descontentes que pularam o release da mostra que mandem suas listas de melhores da década para discutirmos. 2 absurods: só haverem 2 filmes do Tarantino na lista e alguém propor Onibus 174, O Labirinto do Fauno e A Queda como filmes da década.

Miguel Haoni